Povoação de Vale de Porco

Galeria de Imagens da Povoação de Vale de Porco

Segundo a lenda que passa de boca em boca pelos habitantes de Vale de Porco, e também confirmada pelos achados arqueológicos e outros vestígios que atestam a existência de um povoado no local da Freixeda onde hoje se situa a Capela da Nossa Senhora da Encarnação, existiu a povoação com o mesmo nome. Diz a lenda que a população sofria de várias maleitas, e por essa razão a população decidiu por em liberdade os poucos animais que tinham. Pouco tempo depois observaram que os porcos tinham descido para o Vale tendo-se instalado no mesmo, num local posteriormente designado por Fonte do meio do Povo, fonte essa desaparecida. A população instalou-se então em torno desse local construindo as suas habitações, desenvolvendo-se então a actual povoação.

Quanto ao património cultural, é de realçar o Chocalheiro ou Velho de Vale de Porco. Cujo a origem se perde na noite dos tempos da gentilidade pré romana. É festa de celebração dos solstício de carácter etnográfico que contém significado ritual de fecundidade e fertilidade com outras festas do mesmo estilo do concelho de Mogadouro. Esta festa que se celebra no dia de Natal mistura o cristão com o pagão e mostra como é ainda forte nas nossas gentes o respeito por certos valores ancestrais que nem os ritos cristãos conseguiram apagar, porque falam à alma campesina que habita ainda em muitas das populações do concelho. A título de curiosidade, diga-se que Vale de Porco, tinha o sino mais antigo do concelho (1600)