Povoação de Vilar de Rei

Galeria de Imagens da Povoação de Vilar de Rei

Vilar do Rei é uma terra antiga, com numerosos vestígios arqueológicos. Nesta aldeia há ruínas castrejas. A origem do seu nome é óbvia: Vilar é uma alusão ao sistema de repovoamento dos séculos XI e XII, os “vilares” muito requentes no norte de Portugal. Do Rei, porque até ao século XIII, pertenceu à coroa, século em que foi doada à Ordem dos Templários. Em Vilar do Rei há um topónimo, Prado do Rei, que nos mostra a importância da coroa nos primeiros tempos desta aldeia. Aqui viveram já os primeiros povos castrejos, abrigados sob os montes declivosos em redor.

Situa-se a sul de Mogadouro, entre Zava, Vale de Porco, Vilarinho os Galegos, Bruço e Paço, distanciando-se da vila de Mogadouro cerca de 12 Km. Da origem começou por ser uma fortificação, ou coisa semelhante no alto da Encosta da Torre, daí ser conhecido esse lugar por Torreão.

Nesta aldeia é digno de visita: A Igreja Paroquial (século XVII); cruzeiro e ruínas castrejas.

A igreja paroquial é o mais precioso bem desta freguesia. Substitui uma outra, bem pobre, que aqui existiu em tempos recuados e sofreu diversas intervenções desde então.